Autor: Charles Bukowski

Nenhuma dor significa o fim da sensibilidade. Cada uma de nossas energias é uma barganha com o diabo